Sobre o TC IRR (e demais projetos do bgp.net.br)

Nosso principal objetivo é disponibilizar aos Sistemas Autônomos brasileiros (e da região) um contato inicial descomplicado e gratuíto com o IRR.

Para "descomplicar" e popularizar o uso da tecnologia, desenvolvemos um "assistente" que automatiza completamente a inclusão de novos ASes (abstrai completamente a RPSL, ou seja, elimina toda a complexidade inerente à tecnologia e aos seus subsistemas). Esta ferramenta também importa a política registrada pelo AS na base do Registro.br (caso exista) e ainda valida os anúncios do AS antes de incluí-los na base IRR (verifica se são ativos alocados à entidade que os está anunciando).

Disponibilizamos também uma ferramenta para análise da tabela de roteamento global (que usa efetivamente o IRR), no caso o BGP Routing Table Analysis + IRR cross-check, bem como mantemos um relatório detalhado da Internet brasileira (BGP Routing Report Brasil).

Em 2011 adicionamos um segundo servidor ao projeto (para oferecer alta disponibilidade aos serviços oferecidos), equipamento este cedido gentilmente (bem como o hosting) pela IB Telecom. Gostaríamos de abradecer à IB Telecom e ao seu CEO, André Costa pelo apoio aos projetos do bgp.net.br.

Ainda em 2011 adicionamos um terceiro servidor ao projeto, nos mesmos moldes do que foi feito pela IB Telecom, neste caso o equipamento encontra-se dentro da infra-estrutura da Americana Digital, gostaríamos de agradecê-los pelo apoio, em especial ao seu CEO, Evandro Varonil.

Em 2012 adicionamos mais dois servidores ao projeto:

* um "hidden master" para o IRR e

* um novo "backend" para o RIB Analysis. Tal infra-estrutura foi cedida pela Algar Telecom, a quem agradecemos.

Em 2013 adicionamos mais um mirror ao projeto, hospedado pela Alog/Equinix.

Agradecemos também à ANID (Associação Nacional para Inclusão Digital) por todo o apoio e principalmente à figura de seu presidente (Percival Henriques de Souza) pelo empenho pessoal para que este projeto se tornasse uma realidade.

Em 2014 optamos por simplificar a operação do projeto, portanto manteremos daqui em diante apenas o mirror que é hospedado pela Algar Telecom.

Informações técnicas acionais podem ser encontradas aqui.

O desenvolvimento das ferramentas de análise (BGP Routing Table Analysis + IRR cross-check e BGP Routing Report Brasil), bem como toda a implementação e gerência do IRR ficou a cargo do Herbert Faleiros, a quem também agradecemos.

TC IRR

Um argumento antigo que alguns recorriam para não apoiar (e efetivamente não utilizar) o SCW IRR era que o mesmo é mantido por uma empresa privada (argumento este inválido, já que quase todas as bases IRR em operação são mantidas por entidades privadas, notadamente ISP's). Independente do mérito desse ponto de vista (sua validade e/ou efetividade), decididos desvincular formalmente a base IRR do seu mantenedor original.

Para tanto "trocamos" o nome da base de SCW para TC e deixaremos o http://bgp.net.br como "mantenedor oficial" daqui em diante (sem vínculo formal com nenhuma empresa ou entidade).

Isso tem um impacto direto na operação corrente do IRR em questão, portanto algumas alterações são necessárias (para quem mantém objetos registrados atualmente):

1. utilizem daqui em diante o e-mail auto-dbm@bgp.net.br para submeter objetos à base. O mesmo vale para o contato técnico-administrativo, ou seja, usem a partir de agora o e-mail db-admin@bgp.net.br para interagir com a administração;

2. troquem o "source" nos objetos de SCW para TC (apenas nos novos e/ou alterados);

3. utilizem http://bgp.net.br" (ou http://whois.bgp.net.br) como whois daqui em diante;

4. para dar tempo aos mirrors para a troca e não indisponibilizar o serviço, menteremos uma "base espelho", não autoritativa do TC IRR apontando para o SCW IRR (que atualmente ainda é espelhado e consta como "oficial" no http://irr.net, que é mantido pela Merit), assim qualquer alteração ou inclusão no TC IRR será automaticamente propagada ao SCW IRR (e espelhada), mantendo os mirrors atualizados. No momento em que todos os mirrors atualizarem as configurações respectivas às mudanças que nos referimos, desativaremos completamente o SCW IRR.

5. troquem o "notify: db-admin@irr.scw.net.br" nos objetos route, route6 e aut-num para "notify: db-admin@bgp.net.br" (apenas nos novos e/ou alterados).

6. dos quatro mirrors, nenhum deles está configurado como autoritativo (processa as submissões), mas todos são sincronizados.

Para efeitos de documentação/registro, são eles:

http://c.bgp.net.br, Algar Telecom

http://a.bgp.net.br, Americana Digital (temporariamente desativado)

http://e.bgp.net.br, Alog Data Centers do Brasil (temporariamente desativado)

http://i.bgp.net.br, IB Telecom (temporariamente desativado)

7. colocamos em produção um quinto servidor, este sim configurado como autoritativo e consequentemente processando submissões, ele não é público (não aceita queries). Os três mirrors oficiais sincronizam suas bases com este "hidden master".

Todos os mirrors suportam IPv6.

http://bgp.net.br e http://whois.bgp.net.br apontam para os três (o balanceamento é feito apenas com o round-robin do próprio DNS).

http://irr.bgp.net.br (que deverá ser utilizado apenas pelos mirrors) aponta, no momento, para http://a.bgp.net.br.

8. O RIB Analysis, por ser uma ferramenta adicional (não diretamente ligada ao TC IRR) e também não crítica/essencial para a operação da base IRR, é executado no momento em apenas um dos 3 mirrors, no caso o http://c.bgp.net.br (Algar Telecom).

9. O Routing (+Update) Report Brasil (que também não é essencial para a operação do TC IRR) está desativado temporariamente (estamos reescrevendo algumas partes do "backend"), mas em breve voltaremos a disponibilizar todos os relatórios já publicados (revisados), bem como voltaremos a publicar diariamente os "novos".

10. os "dumps" de ambas as bases ("seed" inicial de novos mirrors) podem ser encontrados em ftp://ftp.bgp.net.br/dbase, o endereço antigo (ftp://ftp.scw.net.br/dbase) está sincronizado com o novo, mas também será descontinuado.

11. caso utilize SCW como source, a submissão ainda será processada, mas descartada ao sincronizar o conteúdo com o TC IRR, portanto lembre-se sempre de utilizar o source correto, ou seja, TC.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer mais uma vez aos 5 apoiadores formais do agora TC IRR (e demais projetos do http://bgp.net.br), ou seja, Algar Telecom, Associação Nacional para a Inclusão Digital (ANID), ADG (Americana Digital), Alog Data Centers do Brasil e IB Telecom.

Qualquer dúvida entrem em contato através do e-mail db-admin@bgp.net.br

Mirrors

Agradecemos à IB Telecom, Alog/Equinix e Americana Digital por terem hospedado servidores do projeto entre 2011 e 2013.